Uma viagem à Belém!


Uma viagem à Belém!

Belém, na minha opinião, é a porta de entrada para um grande delírio gastronômico.

É Tacacá, Açaí com Peixe Frito, Tapioca, Filhote, Cumaru, Amazon Beer, Jambu, Tucupi, Nhoque de Banana da Terra….. Fiquei por lá 4 dias e comi TUDO o que vi pela frente, experimentei TUDO que me ofereceram. Tem coisa melhor?

Fui a Belem em Maio de 2014 exclusivamente para o Festival Ver o Peso da Gastronomia Paraense, é um festival que rola todo ano e une de apaixonados pela gastronomia a chefs, jornalistas, pesquisadores. O intuito do festival é divulgar as tradições e ingredientes da Amazônia, a partir de aulas, palestras, bate papos e degustações.

Belem10
Aula sobre Mandioca e formas de preparo.

 

Belem9
Barraca de Castanha-do-Pará. Mercado Ver o Peso.

 

Dar uma passeada pelo Mercado Ver o Peso é o máximo, por lá você encontra ingredientes regionais como castanhas, farinhas e peixes. Ótimo para umas comprinhas e para provar de tudo um pouco!

A Estação das Docas é um edifício importante da cidade, são antigos armazéns do porto que foram revitalizados e transformados em Boulevards. Por lá você encontra lojas e restaurantes, pra mim os que mais se destacam são a cervejaria Amazon Beer (lugarzinho ideal para tomar um ou vários chopps apreciando o Por do Sol – peça o pastelzinho de Tacacá!), Restaurante Lá em Casa e Sorveteria Cairu.

Belem8
Estação das Docas.
Belem7
Arroz de Jambu, Filhote em Crosta e Leite de Castanha do Pará, acompanhado por uma Cerpa bem gelada – língua dormente e cuca fresca! No Restaurante Lá em Casa.

 

Belem6
Sorvete de Açaí e Tapioca, da Sorveteria Cairu. Prove todos os sabores que você puder!

 

Amei o restaurante Remanso do Bosque (chef Thiago Castanho), me supreendi demais com a simplicidade e criatividade do menu degustação (que inclusive tem um preço super honesto). Cada garfada se traduz em uma descoberta de sabores e texturas que expressam exatamente o que é a culinária amazônica.

Belem5
Pupunha, Pele de Arroz, Amendoim e Farinha de Pipoca, um dos pratos do menu degustação do Remanso do Bosque.

O Mangal das Garças é um parque lindo, tem um mirante e um deck onde dá para ficar um tempo observando toda aquela imensidão e pensando um pouco na vida. Ou simplesmente não pensando em nada mesmo.

Belem1
Rio Guamá.

No parque tem um restaurante ótimo, o Manjar das Garças, que serve um buffet repleto de pratos típicos muito bem executados, como é o caso dessa  Pescada Amarela com Abacaxi e Pimenta.

Outros pratos deliciosos que provei foram o Filhote ao molho de maracujá com Pupunha grelhada e Couscous Marroquino com Camarão Seco, Jambu e Tucupi.

Gente! E as sobremesas?

Belem3
Pudim de leite com compota de Cupuaçu – um sonho!

 

Belem4
Torta de Bacuri, o equilíbrio perfeito entre o doce e o azedo.

 

Se é que dá para resumir, minha impressão sobre Belém não podia ser melhor: povo simpático, comida deliciosa e cultura transbordando por onde quer que você passe.

O que trazer na mala? Cachaça de jambu, Tucupi, Jambu, Castanhas, Peixes e Camarão Seco, Chocolate da Ilha de Combu, Queijo de Marajó e mais um sorriso no rosto, além da belíssima lembrança de quanta riqueza e cultura maravilhosas existem em nosso país.

+ There are no comments

Add yours