Saint-Émilion


Saint-Émilion

SAINT-ÉMILION, uma pequena (e pacata) cidade medieval francesa do século 8, foi um dos lugares mais bacanas que conheci aqui na França. Um fato importante: a cidade é classifica pela Unesco como Patrimônio Mundial da Humanidade, sendo assim já dá para imaginar quanta história essa antiga cidade tem para nos contar. Há tempos já fantasiava com ela – além de eu amar cidades medievais e toda sua história, ainda tem toda a questão da produção de vinhos por lá. Vinhos que amo, diga-se de passagem – os vinhos franceses são meus favoritos: região de Bordeaux, Bergerac e Saint-Émilion para os tintos e região da Alsácia (que conheci ano passado e amei!) para os brancos. Pronto, perfeito!

Reserve seu hotel no site Booking.com através deste link e ganhe R$50 de desconto: https://www.booking.com/s/11_6/8324e295

A cidade é encantadora e muito charmosa, digna de cenário de filme – como em todos os vilarejos franceses. Para todos os lugares onde você olha o visual é digno de cartão postal: lindos vinhedos, construções medievais em pedra e sempre com flores coloridas na janela e velhinhos caminhando vagarosamente…muito pitoresco! Além disso, encontramos muitos restaurantes e wine bars pelas lindas ruas da cidade, um prato cheio para quem quer apreciar a gastronomia e os vinhos locais. No subsolo da cidade há quase 200km de galerias, de onde foi extraído o calcário utilizado nas construções, inclusive da região de Bordeaux, que fica muito próxima a Saint-Émilion. E o mais bacana é que parte dessas galerias subterrâneas foram transformadas em adegas, afinal de contas é o lugar perfeito para elas! Inclusive é possível visitar algumas dessas adegas – visite o Office de Tourisme da cidade e conheça todas as opções de passeios e degustações disponíveis. Mas uma dica: verifique a disponibilidade das atividades organizar sua viagem, pois não são todos os dias da semana que tem atividades disponíveis, dá uma olhada no site.

Pelas ruelas de Saint-Émilion
Me apaixonei por cada cantinho, cada pedacinho dessa cidade linda!

#ATIVIDADES EM SAINT-ÉMILION

Bem, além de apreciar a calmaria da cidade e passear pelas lindas ruas, acho que o programa mais legal é visitar algum Chateau para conhecer todo o processo de fabricação do vinho e sua história, com degustação no final do tour. Mas se você não tem tanto tempo ou não quer fazer um tour como esse, pode apenas participar de alguma degustação comentada – ou várias! Uma opção legal é a Maison du Vin, uma espécie de escola do vinho onde acontecem várias atividades, você pode agendar sua degustação diretamente com eles ou no Office de Tourisme da cidade (coloquei o link no parágrafo anterior) – os preços costumam ser os mesmos. Aliás, as opções de tours, passeios e degustações são muitas, tudo vai depender de quanto tempo livre você tem e quanto quer gastar: há opções que duram uma hora e meia, outras de meio dia e algumas duram o dia todo com visitação a 2 chateaux diferentes, incluindo almoço – caso você tenha 2 dias livres na cidade eu recomendo a segunda opção, pois 1 dia você passeia e conhece toda a cidade e no outro conhece o entorno – os vinhedos são lindíssimos e existem em torno de 100 Chateaux pela região. Alguns são mais distantes e você precisará de carro para se locomover ou comprar um passeio em alguma agência local (eu sempre escolho a segunda opção).

Os vinhedos são lindíssimos…
Uvas por todos os lados…

#GASTRONOMIA

Como eu disse mais acima, Saint-Émilion é um presente para os amantes da boa comida: um leque super diverso de restaurante e bar a vin é o que você vai encontrar por lá, onde tudo gira em torno do vinho, claro. A Rue du Clocher é a mais movimentada da cidade, ande por lá e escolha um lugar para sentar, comer, beber e papear. Ou faça como eu: pare primeiro para um café com macaron, depois degustar uma taça com um prato de queijos e embutidos, depois um belo almoço com mais vinho – parfait! As melhores pedidas são os pratos a base de peixes, lagosta (sempre super frescos!), pato e cordeiro: divirta-se com eles. Já em outros restaurantes mais sofisticados é possível fazer um menu degustação harmonizado com vinhos locais – o chef do restaurante costuma participar da degustação, comentando os pratos junto com o sommelier da casa, para quem aprecia muito gastronomia e vinhos…é uma atividade mega bacana! Uma dica: se você um verdadeiro amante de vinhos, faça sua lista de desejos antes de visitar a cidade e vá até algumas lojas, os preços dos vinhos são incríveis!

Praça da Igreja: outro local com uma alta concentração de restaurantes e bar a vin
Pato e um Saint-Emilion Grande Cru
Amei muito essa cidade!

LEIA MAIS SOBRE A FRANÇA

+ There are no comments

Add yours