Pão Rápido


Pão Rápido

Uma coisa que amo: Pão!

Uma coisa que eu não amo: produtos industrializados.

Sabem por que? Porque normalmente não sabemos tudo o que tem em sua composição. Aquele pão que preparamos em casa nós sabemos o que tem na fórmula, certo? Mas você já teve a curiosidade de ler o rótulo de um pão de forma industrializado? Olha só:

pao

A indústria diz que não utiliza mais a gordura vegetal hidrogenada, mas utiliza a gordura vegetal de palma… o que isso significa? Trocaram 6 por meia dúzia, já que que esse tipo de gordura é tão prejudicial quanto a hidrogenada. Ela serve para fazer o pão durar sei lá quantos meses dentro daquele pacotinho colorido. E o pior é que muitas vezes a indústria a identifica nos rótulos apenas como “óleo vegetal”, quase não dando opção ao consumidor na hora de decidir o que consumir e o que deixar de lado. Fora os outros ingredientes que são emitidos no rótulo (isso porque a legislação permite), como por exemplo: sulfato de amônio (faz parte da composição da farinha de trigo, é o mesmo que é utilizado nos produtos de limpeza), L-cisteína (feito a partir de cabelo humano ou penas e pelos de animais) e corante caramelo (segundo a OMS esse corante possivelmente é cancerígeno).

“Ah, então quer dizer que a indústria me engana?”. Então…sim, ela te engana. Não é de hoje e te engana muito. E essa nota dizendo que pode conter isso ou aquilo? Ou tem ou não tem – minha opinião né…

E infelizmente o tão inocente pãozinho é só a ponta do iceberg. Se um simples pão tem tanta coisa maluca dentro, imagine um prato congelado – uma lasanha, por exemplo. Comece a ler os rótulos, é assustador. E não sejamos iludidos pelas comidas prontas orgânicas e sem conservantes, pois às vezes também contém coisitas “sinistras”.

Moral da história: se você realmente se preocupa com o que você come, se informe. Consumir produtos desse tipo não é a única opção do mundo. Se você não se importa, seja feliz…rsrs… E vocês podem ter a absoluta certeza de que, o dia em que eu tiver meu restaurante, nada lá será industrializado!

Bom, se você tiver interesse em cozinhar seu próprio alimento, aqui vai uma receita de pão caseiro super fácil e gostoso. Dá para congelar por até 90 dias (quando esfriar embale bem em filme plástico, ou se você tiver embaladora a vácuo, perfeito!). E se alguém, estiver lendo esse texto pensando “mas para produzir nossos próprios alimentos é preciso ter tempo livre hein!” eu digo só uma coisa: nessa vida não temos tempo de fazer tudo o que queremos e/ou precisamos, por isso precisamos de prioridade. Certo?

2 xícaras de leite integral morno

1 envelope de fermento biológico em pó

1 colher de sopa de açúcar demerara

3 xícaras de farinha de trigo sem aditivos

2 colheres de sopa de azeite

2 colheres de chá de sal grosso

1. Em um bowl grande coloque o leite morno, o açúcar e o fermento e misture;

2. Acrescente o azeite e a farinha de trigo e misture novamente com um fouet;

3. Coloque o sal e misture novamente;

4. Disponha a massa em uma forma untada e enfarinhada e deixe descansar dentro do forno desligado por uma hora;

5. Com a forma dentro do forno, acenda a 160° e deixe assar por 15 minutos;

6. Aumente a temperatura para 180° e asse por mais aproximadamente 30 minutos.

Eu não disse que era fácil?

LEIA MAISRECEITAS DE PÃO

PÃO DE CASTANHAS E FRUTA SECAS

PÃO SEM SOVA

PÃO DE BATATA

PÃO E GELEIA

+ There are no comments

Add yours